Arquivo da tag: Sessão Aurora

Sessão Aurora apresenta “Eles Vivem”!

they-live-head

“A Sessão Aurora apresenta neste sábado, 3 de agosto, às 18h, na Sala P. F. Gastal (3º andar da Usina do Gasômetro), Eles Vivem, uma das principais obras-primas de John Carpenter. Após a sessão, haverá um debate com os editores da revista Aurora e do Zinematógrafo.
O filme parte da chegada de John Nada (Roddy Piper) a uma Los Angeles de conflitos estéticos, onde miséria e riqueza contrastam nas esquinas, nas lojas e nos supermercados. A concentração do poder, através da mídia, do capital econômico e cultural, se faz presente no cotidiano de todos os habitantes, mesmo que de forma invisível. John, trabalhador autônomo, andarilho das cidades em busca de empregos para seguir se alimentando, é o retrato da mão de obra braçal das metrópoles em meio ao desenvolvimento vertical. Enquanto trabalha na construção civil, o protagonista logo percebe a movimentação de um pequeno grupo que age no submundo da cidade para tentar revelar a grande farsa pela qual a classe dominante exerce seu poder. Utilizando óculos especiais, ele consegue ver o que realmente está por trás de cada imagem que compõe o cenário da cidade.
Fruto de uma década consagradora para o cinema de Carpenter, momento em que o cineasta lança filmes como A Bruma Assassina, Christine, o Carro Assassino, Enigma do Outro Mundo, Fuga de Nova York, Eles Vivem é um de seus trabalhos mais abertamente políticos, dono de uma ironia crítica fulminante que transcende as questões mais pontuais de sua época. Do ponto de vista estético, para além de seu conteúdo ideológico, o filme também é sintomático na obra do americano, com destaque para a célebre e longa sequência na qual dois personagens trocam socos e pontapés em um beco de Los Angeles.
Eles Vivem (They Live), EUA, 1988, cor, 93 minutos. Direção: John Carpenter. Com Roddy Piper, Keith David, Meg Foster, George ‘Buck’ Flower, Peter Jason, Raymond St. Jacques. O filme será exibido em DVD com legendas em português.”

(Pedro Henrique Gomes)

they-live3

 

 

1363415490181

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Ação, humor negro, Sci-fi, Thriller

WR- MISTÉRIOS DO ORGANISMO NA SESSÃO AURORA!

“Qual a função do orgasmo na revolução? A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) recebe no sábado, dia 25, às 18h30, mais uma edição da Sessão Aurora, que desta vez apresenta o polêmico WR: Mistérios do Organismo, do sérvio Dusan Makavejev. Após a sessão, acontece um debate com os editores da revista Aurora. A entrada é franca. Obra sem par na história do cinema, WR: Mistérios do Organismo propõe uma colagem radical que aproxima o pensamento do psiquiatra Wilhelm Reich, a ebulição sexual que os Estados Unidos vivenciaram no fim dos anos 1960 e as relações de poder entre as lideranças vermelhas de Iugoslávia e União Soviética. Valendo-se tanto do documentário quanto da ficção, Makavejev expõe as contradições políticas e comportamentais de dois lados do mundo numa abordagem estética transgressora que faz coro à anarquia de seu discurso: “A estrutura narrativa é uma prisão, é tradição, uma mentira, uma fórmula imposta”. 

Lançado em 1971, o filme consolidou o nome de Makavejev como um dos mais importantes da Black Wave – o novo cinema iugoslavo –, levando o Prêmio Luis Buñuel no Festival de Cannes. Ao mesmo tempo, foi imediatamente banido e interditou as atividades do cineasta na Iugoslávia. Dusan Makavejev só voltaria a filmar em sua terra natal em 1987. Visto hoje, WR: Mistérios do Organismo permanece libertário em seu aspecto formal e extremamente contemporâneo ao estabelecer o importante diálogo entre política e sexualidade”. (Leornardo Bomfim)

WR: Mistérios do Organismo (W.R.: Mysterije Organizma). Iugoslávia/Estados Unidos, 1971, colorido, 84 minutos. Direção: Dusan Makavejev. Com Milena Dravic, Ivica Vidovic, Jackie Curtis Betty Dodson, Jim Buckley. O filme será exibido em DVD.  A entrada é franca.

2 Comentários

Arquivado em Diretores, Divulgação, Experimental