Arquivo da categoria: Festivais

A VINGANÇA DOS FILMES B- PARTE 3

vingança_03
Foto do Cartaz: Priscila Poletti e Diego Bertoldi
Arte final: Marcelo Lim

Deixe um comentário

02/12/2013 · 1:30

VINGANÇA PLENA!

Sessão de encerramento de A Vingança dos Filmes B- Parte 2

E mais uma vez a Vingança foi plena e saborosa! Agradeço a todos que tornaram a mostra possível, realizadores, público e colaboradores! Agradeço especialmente a Sala P.F. Gastal que sempre apoia as minhas loucuras e aos amigos Marcelo Lim e Fernanda Jorge por terem desenvolvido a parte gráfica, e ao Hudson Nogueira e ao Fernando Costa pelo apoio prático.  Nos vemos em 2013 (a não ser que os Maias estejam certos) para celebrarmos o cinema independente e de gênero em uma Vingança ainda mais demente!

 

2 Comentários

Arquivado em Cinema brasileiro, Cinema Nacional Porra!, Divulgação, Festivais, Mostras

CINEMA EX MACHINA NA SELEÇÃO OFICIAL DA TRASH!

O curta metragem Cinema Ex Machina continua sua jornada nas mostras de cinema! Fui selecionado para a  TRASH – 6ª Mostra Goiana de Filmes Independentes. É a segunda vez que tenho a oportunidade de exibir meu trabalho na mostra, que já havia selecionado anteriormente o meu curta Sessão das 8. Inconscientemente os curtas dialogam entre si, e acho que naturalmente irei fechar um ciclo, produzindo mais um curta para fechar uma trilogia sobre a sala de cinema como objeto de fetiche e ambiente catalisador de sonhos, ilusões e pesadelos. Valeu TRASH!

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema brasileiro, Cinema Nacional Porra!, Curta, Divulgação, Festivais, Mostras

CINEMA EX MACHINA SELECIONADO PARA A 7° EDIÇÃO DO CINE MUBE!

 “Na solidão da cabine do projecionista a máquina processa a ilusão”. 

O meu curta-metragem Cinema Ex Machina, um projeto experimental (realizado com uma cybershot Sony W-570), foi selecionado para a mostra competitiva da sétima edição do Cine Mube Vitrine Independente de SP.  O curta é uma declaração de amor ao cinema, e uma reflexão muito pessoal a respeito deste obscuro objeto do desejo. Em breve estarei disponibilizando este experimento para apreciação on line, mas os amigos paulistas que quiserem conferir em primeira mão, é só darem um pulo no MUBE (Museu Brasileiro da Escultura. Av Europa 218) no dia 30 de junho.  Vale lembrar que está edição do evento é dedicado à memória do cineasta Carlos Reichenbach.

Mais informações: http://www.facebook.com/cinemubevitrine

 

2 Comentários

Arquivado em Cinema brasileiro, Cinema Nacional Porra!, Curta, Divulgação, Festivais

CANNES 2012

Palma de Ouro Melhor Filme

Palma de Ouro “Amour”, de Michael Haneke

Grand Prix “Reality”, de Matteo Garrone

Ator Mads Mikkelsen, por “The Hunt”

Atriz Cosmina Stratan e Cristina Flutur, por “Beyond the Hills”

Direção Carlos Reygadas, por “Post Tenebras Lux”

Curta “Sessiz-be Deng”, de L. Rezan Yesilbas

Roteiro Cristian Mungiu, por “Beyond the Hills”

Premio do Júri “The Angels Share”, de Ken Loach

Camera D’Or “Beasts of the Southern Wild”, de Benh Zeitlin

Melhor ator Mads Mikkelsen

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, Festivais

VENCEDORES FANTASPOA 2012- JÚRI POPULAR

“Um Pouquinho Zumbi” melhor filme no voto popular!

CURTAS-METRAGENS:

MELHOR CURTA NACIONAL ANIMAÇÃO: O Céu No Andar De Baixo, dirigido por Leonardo Cata Preta.

MELHOR CURTA NACIONAL LIVE-ACTION: Os Desalmados, dirigido por Rafael Borghi.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL ANIMAÇÃO: Canção De Blackwater, dirigido por Bo Mathorne.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL LIVE-ACTION: Matar Uma Criança, dirigido por César Esteban Alenda e José Esteban Alenda.

JÚRI POPULAR:
MELHOR FILME: Um Pouquinho Zumbi, dirigido por Casey Walker.

Deixe um comentário

Arquivado em Fantasia, Fantástico, Festivais, Suspense

VENCEDORES FANTASPOA 2012- JÚRI OFICIAL

Inato – Prêmio de Melhores Efeitos Especiais

Após 16 dias de intensas atividades, unindo fãs do cinema fantástico de várias partes do Brasil e do exterior, chegou ao fim mais um FANTASPOA! Em sua oitava edição o festival foi coroado com a ilustre presença de Stuart Gordon, que gerou uma histórica e lotada sessão comentada de Re-Animator. Apesar de ter me desligado da organização do festival em 2011, este ano participei como jurado da mostra Apocalipse Zumbi, junto com meu amigo e especialista em Sci-Fi anos 50, Marcelo Severo. Elegemos a divertida comédia de humor negro “Pushin Up Daisies” como o melhor filme da mostra, ou numa justificativa de crítico sério: “Pushin Up Daisies pela inventividade da trama ao utilizar a mítica figura dos zumbis como elemento desestabilizador para satirizar as convenções cinematográficas, num implacável exercício de humor negro”.

Abaixo a lista de vencedores do júri oficial. Em breve mais relatos sobre o festival.

CURTAS-METRAGENS

MELHOR CURTA NACIONAL LIVE-ACTION:
OS DESALMADOS, dirigido por Raphael Borghi

MELHOR CURTA NACIONAL ANIMAÇÃO:
CÉU NO ANDAR DE BAIXO, dirigido por Leonardo Cata Preta

MELHOR CURTA INTERNACIONAL LIVE-ACTION:
PICNIC, dirigido por Gerardo Herrero

MELHOR CURTA INTERNACIONAL ANIMAÇÃO:
CANÇÃO DE BLACKWATER, dirigido por Bo Mathorne

MOSTRA APOCALIPSE ZUMBI
Pushin’ up Daisies, dirigido por Patrick Franklin

MOSTRA PANORAMA

MELHOR DIRETOR(A): Martha Stephens, A Canção do Peregrino

MELHOR FILME:
Kid-Thing, de David Zellner

COMPETIÇÃO IBERO-AMERICANA

MELHOR FILME:
Toupeiras, de Emiliano Romero

MELHOR DIRETOR:
Nicanor Loreti (Diablo)

Menção honrosa pela memória do cinema fantástico: Alucardos, de Ulises Ulicardo Guzman Reyes

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

MELHOR FILME:
O Alvo, de Alexander Zeldovich

MELHOR DIRETOR:
David Jarab – Mão-Cabeça-Coração

MELHOR ATOR:
Tihomir Stanic – O Inimigo

MELHOR ATRIZ:
Victoria Bidwell – Pele Reconfortante

MELHOR ROTEIRO:
Tomasz Thomson, por Snowman’s Land

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS:
Inato (Alex Chandon)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE:
Yuji Tsuzuki, por O Contrabandista

BANHO DE SANGUE:
Raiva (Aharon Kesales e Navot Papushado)

RAINHA DO GRITO:
Anessa Ramsey – Ritos da Primavera

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI/CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA:
The Girl from the Naked Eye (Jason Yee)

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, exploitation, Fantasia, Fantástico, Festivais, gore, Horror, humor negro, Mostras, Sci-fi, splatter, Suspense