Arquivo da categoria: Curta

A VINGANÇA DOS FILMES B: UMA SESSÃO INSANAMENTE DIVERTIDA!

Esq. p/ dir: Verardi, Gurcius, Baiestorf, Joel Caetano, Cesar Souza, Valderrama dos Santos, Insekto, Laura Cánepa, Felipe Guerra e Filipe Ferreira

Em meio a tantos eventos de cinema bacanas que estavam rolando simultaneamente em Porto Alegre na fria e chuvosa tarde de 02 de julho, fiquei surpreso com o excelente público que compareceu na Sala P.F. Gastal para prestigiar a primeira edição da mostra “A Vingança dos Filmes B”.  Agradeço ao público por ter embarcado e se divertido conosco nesta sessão insana, e aos realizadores presentes pelo diálogo franco (e por vezes hilário) sobre as possibilidades, e dificuldades surreais de se produzir cinema independente e de baixo orçamento no Brasil.  Aguardem para breve “A Vingança dos Filmes B- Volume 2”.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Cinema Nacional Porra!, Curta, Divulgação, Mostras, Policial

A VINGANÇA DOS FILMES B!

 

Deixe um comentário

Arquivado em Ação, aventura, Cinema Nacional Porra!, Curta, Divulgação, Horror, Humor, Mostras, Musical, Policial, Suspense, Thriller, Western

SESSÃO “A VINGANÇA DOS FILMES B!”

Estranha

Sobrevivendo às margens do cinema mainstream, as produções independentes de baixo orçamento, além das óbvias dificuldades financeiras de realização, sempre lutaram contra um sistema de distribuição dominado por monopólios, e por vezes com a incompreensão de um público acostumado a uma estética cinematográfica culturalmente imposta pelos grandes estúdios. Durante anos a falta de um mercado exibidor adequado ocasionou o isolamento destas produções em guetos cinéfilos, o que invés de enfraquecer, auxiliou a reforçar o seu caráter de independência, fomentando uma espécie de cinema orgânico, criativo e livre de amarras impostas pelos padrões mercadológicos, possibilitando tanto a experimentação anárquica como a reprodução antropofágica de conceitos tradicionais do cinema de gênero. Na última década a ascensão das mídias digitais possibilitou o acesso facilitado aos meios de produção e exibição, dando maior visibilidade a obras que até poucos anos atrás estariam restritas a um pequeno grupo de cinéfilos.

Esta breve mostra intenciona levar para a tela da Sala P.F. Gastal um grupo de realizadores que ainda luta bravamente por seu espaço no mercado exibidor, ou simplesmente busca encontrar o seu público. Apesar dos diferentes formatos de linguagem, proposta e produção, as obras selecionadas têm em comum, além do baixo (ou zero) orçamento, o diálogo franco e apaixonado com o cinema de gênero, seja investindo no thriller policial ou no horror, ou anarquizando com a tradição dos westerns e dos musicais, ou até mesmo captando uma simples conversa entre dois cinéfilos embriagados. A exibição na tela de um cinema é uma pequena vingança dos filmes B contra um sistema atrelado aos vícios mercadológicos e estéticos da indústria cultural, ou como diria Petter Baiestorf “um grito de guerra dos que nada tem e tudo fazem, contra os que tudo tem e nada fazem”.

(Cristian Verardi- Curadoria)

Sala P.F. Gastal (3° andar da Usina do Gasômetro), sábado, 02 de julho, 17h. Após a sessão debate com os realizadores, Petter Baiestorf, Felipe Guerra, Joel Caetano, Filipe Ferreira e Gustavo Insekto. O debate será moderado pela Profa. Dra. Laura Cánepa (UAM).  ENTRADA FRANCA.

A VINGANÇA DOS FILME B!

Exorcistas, de Luis Gustavo “Insekto” Vargas (RS, Brasil, 2011, 7 minutos). Com Doutor Insekto e Paulo “Blob” Teixeira.

Dois amigos em uma noite de tédio, bebem, fumam, e elaboram teorias sobre o filme “O Exorcista”, de William Friedkin.

Exorcistas

Extrema Unção, de Felipe Guerra (RS, Brasil, 2010, 19 minutos). Com Rodrigo M. Guerra, Oldina Cerutti do Monte, Leandro Facchini.

Um incauto rapaz se muda para uma casa supostamente assombrada pelo fantasma de uma velha fanática religiosa. (Menção Honrosa “Melhor Susto de Velhinha Fantasma”, no Cinefantasy 2010).

Extrema Unção

Estranha, de Joel Caetano (SP, Brasil, 2011, 12 minutos). Com Mariana Zani, Kika Oliveira, Roberta Rodrigues, Tiago F. Galvão, Walderrama dos Santos.

 Duas mulheres em uma estranha e sensual trama de amor, vingança, violência e psicodelia! (Novo trabalho do paulista Joel Caetano, do premiadíssimo curta-metragem “Gato”)

Estranha

Ninguém Deve Morrer, de Petter Baiestorf (SC, Brasil, 2009, 30 minutos). Com Gurcius Gewdner, Lane ABC, Daniel Villa Verde, Jorge Timm, Ljana Carrion, Coffin Souza, Insekto.

Um western musical. Eles cantam, dançam e as vezes matam também! O pistoleiro Ninguém decide largar tudo o que sempre considerou importante: a mulher amada, o grupo de amigos cineastas-assassinos-de- aluguel, e o boi de estimação. No entanto, antes de se redimir precisará enfrentar a fúria de seus antigos comparsas. Mais uma insanidade cinemática de Petter Baiestorf, um dos maiores mitos do underground brasileiro. (Melhor direção no I Guaru Fantástico)

Ninguém Deve Morrer

Os Batedores, de Filipe Ferreira (RS, Brasil, 2008, 20 minutos). Com Marco Soriano Jr., João França, Jack Gerchmann, Artur José Pinto, Jefferson Rachewsky.

Raul, um habilidoso batedor de carteiras é surpreendido pelo retorno à ativa de Amadeu Deodato, um figurão que domina o submundo da cidade e com o qual o tem uma grande dívida. Em sua trajetória na busca de dinheiro para saldar a dívida, Raul se depara com outros marginais, como Odilon, seu antigo mentor, Marcião, um perigoso travesti agiota, e Tosco, um brutamonte psicótico. (Melhor direção no I Festival de Cinema de Ribeirão Pires)

Os Batedores

 

4 Comentários

Arquivado em Ação, Cinema Nacional Porra!, Comédia, Curta, Divulgação, Experimental, exploitation, Fantástico, Horror, Humor, Mostras, Musical, Policial, Suspense, Western

FIGHT FOR YOUR RIGHT, TO PAAAAARTY!

“You wake up late for school man you don’t wanna go,
You ask your mom “please?” but she still says “NO!”
You miss two classes and no homework
but your teacher preaches class like you’re some kind of jerk

You gotta fight, for your right,
to paaaaaaaaaarty”

(Beastie Boys)

Apesar de ter sido um “heavy metal kid” radical durante boa parte dos anos 90, muitas vezes abusando da teimosia e da empáfia que a adolescência nos permite, Beastie Boys era uma das poucas exceções em minha discoteca que fugia de um paradigma musical centrado em figuras como  Slayer, Sepultura, Iron Maiden, Napalm Death e outros ícones do metal. Portanto causava estranheza aos amigos quando invés de algum álbum do Mercyful Fate,  eram “Check Your Head” ou “Ill Communication” que explodiam as caixas de som.  Estes álbuns certamente auxiliaram a ampliar meus horizontes musicais, e para mim, ainda figuram entre os melhores discos produzidos naquele período. Mas é de “Licensed To Ill” (1986), o primeiro trabalho dos rappers branquelas de New York, umas de suas músicas mais emblemáticas, “Figh For Your Right”, que amparada por um clip hilário tornou-se um bem humorado hino de anarquia juvenil. E é exatamente esse  clip a inspiração para o curta “Fight for your Right, Revisited:”, dirigido pelo Beastie Boy Adam Yauch, que tem lançamento previsto para maio, acompanhando o novo CD, Hot Sauce Commietée Part Two. O envolvimento dos Beastie Boys com o cinema vem de longa data, além de serem figuras constantes em diversas trilhas sonoras, Adam Horovitz já atuou em diversos filmes, como Um Beijo Antes de Morrer (A Kiss Before Dying / 1991) e Profetas do Asfalto (Roadside Prophets / 1992), Adam Yauch esteve envolvido na produção de curtas e documentários e Michael Diamond já compôs trilhas sonoras, além de terem realizado um dos melhores clips da história, “Sabotage”, onde parodiam filmes policiais da década de 1970. O que chama a atenção em “Fight for your Right, Revisited:” é o elenco envolvido no projeto, nomes como Will Ferrel, Seth Rogen, Danny MacBride, John C. Reilly, Susan Sarandon, Stanley Tucci, Ted Danson, Steve Buscemi, só aumentam a expectativa com relação ao tamanho da bagunça. E o trailer abaixo é um prenuncio de pura diversão.  Fight for you right…

Deixe um comentário

Arquivado em Curta, Divulgação, Teaser

CREEPY THINGS: DAVID BLYTH’S DAMN LASER VAMPIRES (teaser)

1 comentário

Arquivado em Clip, Curta, Horror, Teaser, Thriller

THE BLIND DATE OF COFFIN JOE

Ray Castile como Zé do Caixão em Encarnação do Demônio

O norte americano Raymond Castile é considerado por muitos o maior entusiasta da obra de José Mojica Marins. Está admiração se torna ainda mais evidente se levarmos em consideração a impressionante caracterização que faz do mítico Zé do Caixão, algo tão notável que nem mesmo as barreiras idiomáticas são um empecilho (Raymond aprendeu foneticamente os monólogos mais famosos da personagem). A semelhança com Mojica e a paixão por seus filmes foram essenciais na escolha de Castile para interpretar o jovem Zé do Caixão em “Encarnação do Demônio”. Em 2008 Castile realizou um despretensioso curta metragem intitulado The Blind Date of Coffin Joe, uma divertida homenagem ao mestre Mojica, e um verdadeiro deleite para os conhecedores de sua obra. Aficionado pelo cinema fantástico, Raymond Castile vive em St. Louis onde trabalha como jornalista, sendo conhecido também por possuir uma impressionante coleção de brinquedos e outros materiais relacionados aos filmes clássicos de horror, mantendo dois sites dedicados as suas paixões:

http://www.stateofhorror.com

http://www.thegalleryofmonstertoys.com

5 Comentários

Arquivado em Curta, Horror, Humor

TREEVENGE

Nada poderia atiçar ainda mais a minha curiosidade sobre “Hobo With a Shotgun” (com lançamento previsto para 2011) do que está pequena e sangrenta amostra de insana originalidade cometida pelo jovem realizador canadense Jason Eisener. A utilização descarada, em sua abertura, do tema de “Canibal Holocausto” (composto por Riz Ortolani), é um belo indício de que este curta não está imbuído do “espírito natalino” . Divirtam-se!

2 Comentários

Arquivado em Curta, exploitation, Horror, Humor