Arquivo do mês: outubro 2013

PROJETO RAROS EXIBE O PLANETA DOS VAMPIROS EM HOMENAGEM A NORMA BENGELL

Imagem

Nesta sexta-feira, dia 18, às 20h, o Projeto Raros homenageia Norma Bengell e exibe O Planeta dos Vampiros, ficção-científica do mestre Mario Bava, uma das produções italianas das quais a atriz participou em meados da década de 1960. No filme, um grupo de astronautas começa a perder a razão durante uma investigação num planeta hostil, em trama que influenciou o roteiro de Alien, o 8º Passageiro, de Ridley Scott. Depois da sessão, haverá um debate com o crítico Carlos Thomaz Albornoz. O filme será exibido em DVD, com legendas em espanhol. A entrada é franca.
Após a repercussão internacional de O Pagador de Promessas, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1962 e indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro no ano seguinte, Norma Bengell iniciou sua aventura italiana protagonizando Mafioso (1962), do influente realizador Alberto Lattuada. Ao longo da década, participou de outras produções importantes do país como La Costanza della Ragione (1964), de Pasquale Festa Campanile, contracenando com a jovem Catherine Deneuve, e o western spaghetti Os Cruéis (1967), de Sergio Corbucci.Imagem
A ação de O Planeta dos Vampiros acontece num futuro próximo, quando as espaçonaves Argos e Galliot são enviadas ao espaço para investigar o misterioso planeta Aura. Assim que a Galliot pousa no planeta, seus tripulantes tornam-se violentos uns aos outros devido a uma estranha energia liberada pelo planeta, com uma diabólica forma de vida alienígena invadindo suas mentes e lutando para se apossar de seus corpos. Destaque na filmografia inicial de Bava, com um trabalho visual impressionante e cores quase psicodélicas, o filme marca uma das raras incursões de Norma Bengell na ficção-científica. Dentro do gênero, a atriz ainda participaria de Os Sóis da Ilha de Páscoa (1972), do cineasta francês Pierre Kast, nome pouco conhecido da Nouvelle Vague, e da produção brasileira Abrigo Nuclear (1981), de Roberto Pires.

O Planeta dos Vampiros (Terrore nello spazio)
Dirigido por Mario Bava
(Itália, 1965, 87 minutos)
Elenco: Norma Bengell, Barry Sullivan, Angel Aranda e Evi Marandi.
O filme será exibido em DVD, com legendas em espanhol

Deixe um comentário

Arquivado em Homenagem, Horror, Sci-fi

GÁS! DE ROGER CORMAN NO PROJETO RAROS!

gasss_02

Uma nova arma química é testada pelo exército provocando um efeito inesperado, o gás letal se espalha pela atmosfera do planeta matando qualquer ser humano com a idade acima de 25 anos. Assim o mundo inesperadamente fica sob total controle dos jovens. Repleta de psicodelia, humor nonsense e rock’n’roll, esta comédia apocalíptica dirigida pelo lendário Rei dos Filmes B,  Roger Corman, é o próximo filme que o Projeto Raros apresenta na Sala P. F. Gastal, sexta-feira, 04 de outubro, às 20 horas.

Realizado durante a efervescência do movimento flower power, Gás! da continuidade a uma série de filmes anárquicos envolvendo a contracultura americana que começaram a ser produzidos após o sucesso de Sem Destino (Easy Rider, 1969), de Dennis Hopper. Descontente com os cortes impostos pelos produtores e pela péssima recepção nas gas_01bilheterias, Gás! foi a última parceria de Roger Corman com a produtora AIP, com quem havia realizado dezenas de filmes. Corman dirigiria apenas mais um filme nos anos setenta, O Barão Vermelho (Von Richthoffen and Brown, 1971), voltando à direção apenas em 1990 com Frankenstein – O Monstro das Trevas (Frankenstein Unbound). Nesse período longe da direção Corman seguiu com a carreira de produtor que o tornara lendário, realizando entre 1954 até agora mais de 300 filmes.

Uma curiosidade de Gás! é a presença da então desconhecida atriz Tally Coppola, que a partir de O Poderoso Chefão (1972), dirigido pelo seu irmão Francis Ford Coppola, passaria a ser conhecida como Talia Shire.

A sessão será comentada por mim e pelo crítico Cesar Almeida, organizador do livro Cemitério Perdido dos Filmes B – Exploitation.

Gás! (Gas! -Or- It Became Necessary to Destroy the World in Order to Save It / EUA /1970), de Roger Corman. Entrada Franca.

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, Humor, Mostras, nonsense, Sci-fi