Arquivo do mês: setembro 2010

R.I.P TONY CURTIS (1925-2010)


Anúncios

4 Comentários

Arquivado em R.I.P

R.I.P ARTHUR PENN (1922-2010)

Arthur Penn

1 comentário

Arquivado em R.I.P

ENFIM A INEVITÁVEL DECOMPOSIÇÃO CHEGA ATÉ VOCÊ!

Após muitos desencontros e contratempos que fugiam à alçada dos realizadores, enfim o dvd duplo do já clássico “Mangue Negro” está ao seu alcance, é só pedir o seu através do e-mail “vendas@fabulasnegras.com” (R$30,00 com o frete incluso!). Já tenho um exemplar ornamentando minha prateleira. E viva o horror nacional!

6 Comentários

Arquivado em Divulgação, Horror, Humor

VENENO PARA AS FADAS NO PROJETO RAROS

Projeto Raros da Sala P. F. Gastal (Usina do Gasômetro – 3º andar) apresenta nesta  sexta-feira, 17 de setembro, às 20h, o filmeVeneno para as Fadas (Veneno para las Hadas /1984), de Carlos Henrique Taboada.

Um dos grandes operários do cinema mexicano, Carlos Henrique Taboada (1929-1997) dirigiu 19 filmes e roteirizou mais de 70, investindo nos mais diversos gêneros, do western ao drama, mas foi no horror e na fantasia que ele encontrou a sua voz. Suas investidas no horror gótico renderam seus trabalhos mais representativos, obras como Hasta el Viento Tiene Miedo (1968), El Libro de Piedra (1969) e Más Negro que la Noche (1975), se tornaram filmes de culto, influenciando diretores como Guilhermo Del Toro, que costuma citar a grande importância de Taboada na concepção de seu imaginário fantástico.

Produzido em 1984, Veneno para as Fadas (penúltimo trabalho de Taboada para o cinema) nos impõe uma tétrica imersão no universo infantil. A solitária Verônica (Ana Patrícia Rojo) faz amizade com uma nova colega de classe, Flávia (Elsa Maria Gutiérrez). Entre as duas surge uma estranha relação de poder e submissão, onde Verônica convence a nova amiga de que ela não é uma criança comum, mas sim uma poderosa bruxa. A farsa proposta por Verônica vai tomando rumos trágicos, afetando drasticamente a vida das duas crianças. Uma cruel visão da infância, em que o choque entre fantasia e realidade toma rumos inesperados. É notável a influência de Veneno Para as Fadas na concepção de O Labirinto do Fauno, de Del Toro, uma das mais instigantes obras contemporâneas sobre o poder da imaginação infantil.

A sessão será comentada pelo crítico de cinema Carlos Thomaz Albornoz (entrada franca).

1 comentário

Arquivado em Drama, Fantasia, Horror, Suspense

A SALA P.F. GASTAL CELEBRA OS 50 ANOS DE PSICOSE

“Ver um assassinato na televisão pode ajudar as pessoas a se livrarem gradualmente de seus conflitos. E se você não tem nenhum conflito, os comerciais te darão alguns.” (Alfred Hitchcock)

  A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) coloca em cartaz a partir do dia 7 de setembro, terça-feira, no horário das 17h, o clássico Psicose (Psycho), de Alfred Hitchcock, que está comemorando seu 50º aniversário de lançamento em 2010 (em Porto Alegre, Psicose estreou no dia 25 de agosto de 1960, dois meses após sua première nos Estados Unidos, em 16 de junho).
         Tido como um dos mais influentes filmes da história do cinema, Psicose marca o ápice da carreira de Alfred Hitchcock. Além de ser encarado como uma obra-prima repleta de sequências antológicas (sendo a principal delas o assassinato no chuveiro), Psicose foi o maior sucesso de bilheteria do mestre do suspense. Estrelado por Anthony Perkins, Janet Leigh, Vera Miles e John Gavin, o filme acompanha o trágico destino da heroína Marion Crane (Leigh) num quarto do Bates Motel, administrado pelo tímido Norman Bates (Perkins) e sua misteriosa e autoritária mãe. Um filme onde cada elemento funciona à perfeição, da fotografia em preto e branco de John L. Russell aos créditos de abertura de Saul Bass, tudo embalado pela trilha sonora eletrizante de Bernard Herrmann. Em 1998, Psicose seria refilmado quadro a quadro pelo cineasta Gus Van Sant, e o resultado seria uma irregular releitura desse filme mítico, que agora, por ocasião de seu cinquentenário, poderá ser (re)descoberto pelos cinéfilos na tela grande.

2 Comentários

Arquivado em Clássico, Mostras, Suspense